ACT – Terapia de aceitação e compromisso

Enquanto Steven Hayes e colaboradores procuravam compreender como se desenvolvem e funcionam a linguagem e a cognição humana, através da Teoria das Molduras Relacionais, eles também dirigiram atenção para a criação de uma terapia com o foco no desenvolvimento da Flexibilidade Psicológica. Isso porque, embasados em alguns estudos científicos, descobriu-se que grande parte do sofrimento humano está associado à

  1. 1) não desejar sofrer (paradoxalmente, não desejar sofrer aumenta o sofrimento),
  2. 2) a considerar pensamentos, lembranças, imagens mentais, literalmente reais,
  3. 3) a se fixar em um conceito da própria pessoa sobre ela,
  4. 4) a permanecer mais tempo no passado e no futuro do que no presente,
  5. 5) a pouca clarificação do que é importante para a vida e
  6. 6) de poucas ações que direcionem a essa vida importante.

Com esses conhecimentos, a Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) foi estruturada e está em pleno desenvolvimento, com evidências científicas na modificação das funções dos mais diversos comportamentos. A ACT associa processos de atenção e aceitação com compromisso e mudança de comportamentos, visando o desenvolvimento da Flexibilidade Psicológica (Hayes, Pistorello e Biglan, 2008). Abaixo se apresentam os seis processos trabalhados no decorrer da terapia:

Terapia de aceitação e compromisso

O trabalho da Terapia de aceitação e compromisso se direciona a desenvolver aceitação daquilo que não pode ser mudado (pensamentos, história, imagens, sofrimento), diminuindo comportamentos de esquiva da experiência interna, e comprometimento com comportamentos que aproximem a pessoa da vida que seja importante para ela. Isso utilizando o contato com o momento presente, através de mindfulness, como eixo base para a mudança. Caso não seja claro o que é importante ou estejam acontecendo muitos comportamentos prejudiciais a sua vida, a Terapia de Aceitação e Compromisso pode lhe auxiliar na identificação disso.

Atualmente, a Terapia de aceitação e compromisso (ACT) já apresenta resultados de eficácia em dor crônica, Transtornos Depressivos, Transtornos de Ansiedade, Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), sintomas psicóticos, perda de peso, Transtornos relacionados a Substâncias, Transtornos Alimentares, entre outros. Talvez, a ACT pode ser bem útil para ajudar você a mudar a sua vida.

Ficou com alguma dúvida?

Se você ficou com alguma dúvida ou tem interesse em maiores informações, entre em contato com nossos profissionais.

Entrar em contato